Dois alunos da Una estão na fase final do prêmio PRAVALER – Filtros da Vida Real, Educação que Transforma

Os estudantes Bárbara Mariana Soares dos Santos, aluna de Engenharia de Produção e Pedro Henrique Côrrea de Souza aluno de Engenharia Elétrica da Una Sete Lagoas são finalistas do prêmio Educação que Transforma – Filtros da Vida Real, do programa PRAVALER.

Eles fizeram um vídeo contando sobre o poder transformador da educação na vida deles e estão entre os 20 finalistas do concurso. A final é em São Paulo, no próximo domingo, dia 1 de setembro.

Os dois grandes destaques, escolhidos no domingo, ganharão um programa completo de intercâmbio de 15 dias no Canadá (incluindo passagem, hospedagem, curso e auxílio viagem), R$ 4 mil reais em vale-educação, um notebook e sessões de coaching.

Estamos torcendo por eles!

Estamos juntos! A educação transforma as pessoas!

 

 

Sobre o PRAVALER:

O PRAVALER, maior programa de crédito universitário privado do Brasil, é a primeira fintech fundada no país e está entre as 17 mais importantes, segundo estudo da KPMG. O programa tem como propósito beneficiar um milhão de alunos, e transformar suas vidas e de suas famílias por meio do acesso à Educação.

Reconhecer a trajetória e o esforço de alunos que tiveram suas vidas transformadas pela educação. Esse é o objetivo do Prêmio Educação Transforma, promovido pelo PRAVALER, que está na 3ª Edição, e contou com inscrições de estudantes universitários de todo o Brasil.

Em cada edição, tornam-se conhecidas as histórias de superação que os alunos enfrentam para ter acesso ao curso universitário e realizar sonhos. 69% dos estudantes PRAVALER são os primeiros membros de suas famílias extensas a cursar o nível superior. Por isso, a premiação contribuirá para revelar estas narrativas de empenho, e mostrar que o destino pode ser modificado para melhor por meio da educação.

Carlos Furlan, CEO do PRAVALER, acredita que além de reconhecer uma história de sucesso, o Prêmio Educação Transforma tem o objetivo de ampliar os horizontes dos alunos vencedores, e também mostrar que é possível cursar uma boa faculdade mesmo com poucos recursos. “Esse reconhecimento do PRAVALER irá possibilitar uma série de novas oportunidades para estes jovens, que se sentirão motivados, e terão ferramentas para se aperfeiçoar. O poder da educação é transformador”, completa ele.

O programa, criado em 2006, possibilitou que mais de 150 mil alunos entrassem na faculdade, e atualmente, está presente em 74% de instituições do Brasil. Ao transformar socialmente, o PRAVALER busca contemplar projetos educacionais e contribui para que os estudantes tenham mais chances de terminar a universidade. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), alunos que terminam a faculdade ganham três vezes mais que os não formados.