Semana da Psicologia

Dos dias 10 a 14/9, acontece a Semana da Psicologia com diversas palestras na Una Barro Preto.

No dia 27/8 é comemorado o dia do Psicólogo. A Una Barro Preto, sabendo da importância deste momento, organiza a “Semana da Psicologia” para comemorar a data, mas também aproveitar o momento para trazer temas transversais e questões importantes para que os futuros psicólogos possam construir um posicionamento mais crítico. Além de contribuir para uma sociedade mais humana e que considere as escolhas dos sujeitos e os direitos humanos.

Confira as palestras e inscreva-se (a partir de 1/9):

Palestra: Psicologia, Gênero e Diversidade Sexual

Mediadores: Andréa Moreira e Johnathan Barros Mendes
Local: Auditório Una Aimorés
Convidados Una: Organizadores do Grupo “Entre Nós”, Camila de Moura Ferreira e João Luiz Nunes Bicalho

Convidados:

Dalcira Ferrão

Psicóloga, especialista em Administração Pública com enfoque em Gestão Social, Conselheira Secretária e Coordenadora da Comissão de Psicologia, Gênero e Diversidade Sexual do Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais e militante LGBT.

Rodrigo Broilo

Convidado Representante da Comissão Psicologia, Gênero e Diversidade Sexual/CRP-MG.

Estudante de Psicologia na Universidade FUMEC em Belo Horizonte e membro da Comissão de Psicologia, Gênero e Diversidade Sexual do CRP-MG desde 2015.


Exibição e discussão dos documentários: The Mask You Live In

The Mask You Live In (“A Máscara em que Você Vive”), trabalho em que aborda como a ideia do macho dominante afeta psicologicamente crianças, jovens e, no futuro, adultos.

Mesa de discussão: Cláudia Neto e Priscila Fidellis

Convidados: Egressas Daniela Nascimento e Irene Teresa Vieira Fabretti

Sala: 1606 – Campus Barro Preto

Exibição e discussão dos documentários: Laerte-se

 Laerte-se” que aborda a questão de gênero. Laerte passou quase 60 anos se expressando e sendo identificada como homem, até que decidiu revelar sua identidade de mulher transexual. Uma das cartunistas mais reconhecidas do Brasil, Laerte teve três filhos e passou por três casamentos. O documentário acompanha uma investigação sobre o mundo feminino na intimidade do cotidiano. Durante uma reforma em casa, Laerte se pergunta sobre se deve ou não fazer um implante de seios: a partir desta questão, desenrola-se uma série de questionamento sobre o que é, afinal, ser mulher.

Mesa de discussão: Andréa Moreira
Convidados:  Amanda Zaniratti e Fabiano Rodrigues de Oliveira
Sala: 1705 – Campus Barro Preto

 

Exibição e discussão dos documentários: Human

Human: Que faz de você um humano? O que faz você, eu, o vizinho e até a rainha da Inglaterra chorar, amar, rir e sonhar? Por três anos inteiros, o cineasta Yann Arthus-Bertrand viajou o mundo buscando entender a essência humana. E a encontrou nas histórias de vida de 2 mil mulheres e homens de 60 países, o que deu origem ao documentário HUMAN. “Eu sonhei com um filme em que a força das palavras ampliasse a beleza do mundo. As pessoas me falaram de tudo; das dificuldades de crescer, do amor e da felicidade. Toda essa riqueza é o centro do filme HUMAN. Esse filme representa todos os homens e mulheres que me confiaram suas histórias. O filme se tornou um mensageiro de todos eles“, afirma Arthus-Bertrand no site do projeto. 

Mesa de discussão: Acrísssio e Tereza Peixoto     
Sala: 1001 – Campus Barro Preto

 

Exibição e discussão dos documentários: A ponte

“A ponte”: não é um documentário comum sobre um dos mais famosos pontos turísticos do mundo, a Golden Gate. É um retrato do desespero humano feita por uma equipe comandada pelo cineasta americano Eric Steel. Durante todos os dias de 2004, câmeras em vários ângulos registraram o cotidiano das pessoas que passam pelo cartão-postal de São Francisco, Estados Unidos. Algumas delas, especialmente para se jogar de uma altura de 130 metros até o mar. Steel registrou 24 quedas. Com um rádio na mão, avisava às autoridades o que tinha acabado de acontecer. Algumas vezes, acompanhou a busca do corpo e procurou a família. O filme reúne as chocantes imagens dos últimos minutos de vida dessas pessoas e depoimentos de parentes e amigos. Muitos deles relatam os momentos de depressão e o comportamento diferente dos “padrões da sociedade”.

Mesa de discussão: Maria Inês e Dannielle Starling
Sala: 2104 – Campus Barro Preto

Exibição e discussão dos documentários: O que você faria

“O que você faria”: Sete executivos disputam uma vaga numa empresa em Madri (Espanha). No mesmo dia, uma reunião do G-8 faz com que as ruas da capital espanhola sejam ocupadas por violentos manifestantes. Mesmo assim, os candidatos participam da seleção, cujas provas são elaboradas baseadas num chamado Método Grönholm. Fechados numa sala, os candidatos têm de descobrir quem é o agente da empresa infiltrado entre eles, entre outras provações.

Mesa de discussão: Tania Cristina de Assis e Gislene Maria Dias da Rocha
Sala: 2105 – Campus Barro Preto

Exibição e discussão dos documentários: Como Estrelas na Terra

“Como Estrelas na Terra”: O filme conta a história de uma criança que sofre com dislexia e não é compreendida pelos professores e pais. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de reprovar novamente.

Mesa de discussão: Aline Ottoni e Merie Bitar
Sala: 1103 – Campus Barro Preto

Exibição e discussão dos documentários: Inner Workings / Trabalho Interno NOITE

“Inner Workings / Trabalho Interno”: Curta metragem da Disney, 2016, que traz a questão do equilíbrio entre razão e emoção, vida pessoal e profissional.

Mesa de discussão:  Patrícia Silveira e Marcos Flávio
Sala: 806 – Campus Barro Preto

Exibição e discussão dos documentários: Inner Workings / Trabalho Interno MANHÃ

“Inner Workings / Trabalho Interno”: Curta metragem da Disney, 2016, que traz a questão do equilíbrio entre razão e emoção, vida pessoal e profissional.

Mesa de discussão: Patrícia Silveira e Marcos Flávio
Sala: 1005 – Campus Barro Preto

Exibição e discussão dos documentários: Conte Isso Àqueles que Dizem que Fomos Derrotados

“Conte Isso Àqueles que Dizem que Fomos Derrotados”: de Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito (PE), curta, documentário que trata das ocupações urbanas

Mesa de discussão:  Bárbara Mota – Casa Tina
Sala: 2103 –  Campus Barro Preto

Mesa Redonda: PSICOLOGIA E RELIGIÃO: DISCUTINDO CAMINHOS E PENSANDO OS LUGARES

Mediador: Simone Alípio e Simone Francisca

Convidados:

Reinaldo da Silva Junior

Psicólogo, doutor em Ciência da Religião, Professor da UEMG, Conselheiro do CRP, Coordenador da Comissão de Psicologia, Laicidade, Espiritualidade, Religião e outros Saberes Tradicionais do CRP-MG.

Tamires Andrade Duarte

Bacharel em Psicologia (Ciências Médicas de MG), experiência na área de recursos humanos e psicologia clínica. Membro da Comissão de Psicologia, Laicidade, Espiritualidade, Religião e outros Saberes Tradicionais do CRP-MG.

Evento realizado no Auditório do Campus Aimorés.

Rodas de Conversas: Assistência ao Usuário de Álcool e Outras Drogas

Coordenadores: Maria Inês e Dannielle Starling

Sala: 1005

Rodas de Conversas: A Atuação do Psicólogo Organizacional e do Trabalho

Coordenadores: Patrícia Cristina e Fabiana Goulart
Sala: 1004

 

Rodas de Conversas: A Atuação do Psicólogo na Escolar e Educacional

Coordenadora: Aline Ottoni
Sala: 2101

Rodas de conversas: A Atuação do Psicólogo no Sistema Sócio Educativo

Coordenadora: Roberta Barros
Sala: 2104

Rodas de conversas: A Atuação do Psicólogo no SUS

Coordenadora: Tereza Peixoto
Sala: 2105

Rodas de conversas: A Atuação do Psicólogo e a Clínica

Coordenador: Gustavo Barreto
Sala: 2103

Rodas de conversas: A Atuação do Psicólogo nos Programas de Triagem Neonatal

 Coordenadora: Isabel Pimenta Castro
Sala: 1001

Palestra: Suicídio: Possibilidades de Prevenção

Mediadora: Lecy Rodrigues Moreira

Convidados: 

Sara Cristina Borges: Representante do Grupo de Prevenção de Suicídio UNA Barro Preto.

Santhiago Souza: Doutorando em Psicologia: Cognição e Comportamento pela Universidade Federal de Minas Gerias (UFMG), mestre em Psicologia do Desenvolvimento Humano pela Universidade Federal de Minas Gerias (UFMG), especialista em Gestão em Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Formação clínica em Psicoterapia Cognitivo-comportamental pelo Instituto WP. Atuou como Psicólogo pelo Ministério da Saúde (MS) e atualmente é professor e orientador de estágios do curso de Psicologia. Desenvolve projetos de pesquisa e extensão na área da Terapia Cognitivo-comportamental.

Evento realizado no auditório do campus Aimorés.

Oficina: Boneca Negra de Pano: Roda de Conversa em Direitos Humanos e Suas Interseccionalidades de Gênero e Raça

Coordenadoras: Andréa Moreira e Lúcia Afonso
 Sala: 1001

Estude na Una!