Una-se Contra a LGBTFobia é o vencedor do Desafio dos Coletivos LGBTQIA+

O projeto Una-se Contra a LGBTFobia é o vencedor do Desafio dos Coletivos LGBTQIA+, organizado pelo Mais Diversidade.  No mês em que é celebrada a luta internacional LGBTQIA+, a Una comemora todas as ações que, há mais de 10 anos, vem empreendendo com seus alunos e colaboradores.

A Una foi um dos primeiros centros universitários privados em Minas Gerais, em 2015, a aprovar uma resolução que passou a tratar alunos e alunas travestis ou transexuais pelos nomes sociais desde a chamada presencial até o envio de documentos e boletos para os estudantes.

Segundo Roberto Alves Reis, poucas pessoas se dão conta de que a LGBTQIA+fobia é uma das principais causas do abandono escolar para a população LGBTI+. “O Una-se contra a LGBTQIA+fobia, duas vezes condecorado com o Prêmio Direitos Humanos e Cidadania LGBT, se tornou uma referência para o público LGTBQIA+ em Belo Horizonte justamente por oferecer um espaço de acolhimento e representatividade”, diz.

Para se ter uma ideia da atuação da Una nessa luta aguerrida em defesa das pessoas LGBTQIA+, na semana passada, cinco integrantes do Una-se participaram do Desafio dos Coletivos LGBTQIA+, organizado pelo Mais Diversidade, maior consultoria do Brasil em diversidade. O desafio fez parte da Feira DiverS/A, maior evento de empregabilidade LGBTQIA+ da América Latina. Os organizadores do evento selecionaram 10 coletivos num contexto nacional e o Una-se foi convidado a participar. Durante a Feira, foram propostas aos grupos várias atividades e, ao final, o Una-se se sagrou campeão.